X

Para acessar sua conta, use o App Bradesco Universitário

Será que você está jogando dinheiro fora?

Quer deixar de passar aperto e ainda juntar uma grana? Aqui vai uma lista de hábitos que podem fazer seu dinheiro ir pelo ralo. Confira, e mude!

Não guardar parte do que ganha

Se você não reserva uma parte do que recebe, provavelmente não terá dinheiro quando precisar fazer uma despesa extra ou quiser realizar um sonho.

Para o terapeuta financeiro Reinaldo Domingos, essa é uma saída que pode levar você a se tornar inadimplente no futuro – ou seja, contrair dívidas e depois não ser capaz de pagá-las.

"É preciso primeiro ter a consciência do que se quer fazer com o dinheiro e criar o hábito de poupar", diz.

Passear no shopping quando o humor não está legal

Muitos especialistas em finanças e psicólogos dizem que comprar em excesso pode estar relacionado a questões emocionais.

Se você está se sentindo triste, mal-humorado, ou se decepcionou com algo, evite lugares onde você sabe que irá gastar.

Comprar em liquidações

À primeira vista, roupas e sapatos mais baratos parecem uma ótima oportunidade de economizar. Mas será que você precisa mesmo ou só está comprando porque o preço caiu?

Além disso, é preciso comparar os preços e ficar atento à qualidade. Nem sempre o que é anunciado como mais barato compensa. Pode valer a pena esperar e pagar um pouco mais por um tênis ou uma roupa de melhor qualidade, que dure mais.

Ter um plano de celular errado

Apesar do trabalhão que dá, antes de fechar contrato com qualquer operadora, tire um tempinho para comparar os preços e os serviços oferecidos por cada uma.

Pacotes de dados para internet, ligações e SMS costumam ter preços diferentes em planos pré e pós-pagos. Pense em como você usa o aparelho no dia a dia e só aí decida.

Outra dica: cuidado para não se cadastrar sem querer em promoções via pop up ou SMS. Leia bem antes de apertar qualquer botão "ok".

Atrasar boletos e a fatura do cartão de crédito

Esquecer ou ser displicente com as contas a pagar é o jeito mais fácil de deixar seu dinheiro escoar pelo ralo.

De um dia para o outro, multas e juros aumentam o valor da conta, dificultando ainda mais o pagamento. Pior que isso, se a prática se torna comum, o consumidor pode ficar com o nome sujo, perder seu crédito no mercado, e complicar ainda mais sua situação financeira.

Leia mais sobre o assunto aqui.

Não usar os juros a favor

Deixar o dinheiro parado também é uma forma de perder. Se você tem uma quantia guardada e ainda não vai usar, o ideal é procurar um investimento para aplicá-la. Nem que seja só para evitar a desvalorização causada pela inflação.

Não economizar nas contas de casa

Comece economizando no mercado. Por exemplo, faça uma lista de itens de que precise e se comprometa a gastar apenas o que estabelecer. A diferença "esticará" seu dinheiro até o final do mês.

"Esquecer" que não pode gastar

É muito difícil recusar festas ou baladas com os amigos por falta de grana, mas gastar sem poder só vai deixar a situação mais apertada.

Se esse for o caso, que tal sugerir algo de graça ou mais baratinho para todos?

Por: Aline Nogueira de Sá