X

Para acessar sua conta, use o App Bradesco Universitário

Estudo à distância conquista cada vez mais adeptos

Nos últimos anos, cresceu o interesse do brasileiro por qualificação profissional, especialmente para ingresso em universidades. Segundo dados do último Censo de Educação, em 2013, mais de 7,3 milhões de estudantes matricularam-se no ensino superior. E existe uma modalidade que vem ajudando este número a aumentar: o ensino à distância. Com mensalidades mais acessíveis e horários flexíveis, a educação on-line cresce a passos largos, e, em 2014, já correspondia a um terço do total de matrículas de acordo com o Ministério da Educação (MEC).

Para o professor Luciano Sathler, diretor da Associação Brasileira de Educação à Distância (ABED), “um dos motivos para essa expansão é o fato de ser reconhecido pelo MEC. Em paralelo, houve o avanço da internet no Brasil, e com mais pessoas tendo acesso, há também uma demanda maior por ensino superior”, acrescenta.

Outra explicação é a questão da flexibilidade e a possibilidade de estudar em qualquer lugar. “Temos um público adulto muito grande, já que a população brasileira está envelhecendo, e eles, geralmente, preferem a educação à distância pois dá flexibilidade de tempo e espaço, e também de ritmo de estudo”, diz.

A professora Esmeralda Rizzo, coordenadora do Centro de Educação à Distância do Mackenzie, concorda. “Temos muito pontos positivos que incentivam à a procura desses cursos. O aluno também pode acessar a qualquer momento o conteúdo por meio de dispositivos móveis como celular, tablet e computador. Além disso, o contato com outros alunos e com o professor pode ocorrer por chat, fóruns e no encontro presencial que a maioria das instituições oferecerem”, avalia.

Ainda segundo a especialista, a modalidade ajuda o aluno que quer dar continuidade ao ensino e tem problemas de horário e locomoção. “Os cursos à distância são uma realidade, mas, como qualquer outro processo, carece de amadurecimento e adaptação. Vieram para ficar”, conclui a coordenadora.

Por: Margarete Ricciotti