X

Para acessar sua conta, use o App Bradesco Universitário

Você sabe deixar seu currículo atrativo?

A busca pelo primeiro emprego gera muitas dúvidas aos jovens. “O que devo dizer e vestir?” e até “como devo me expressar?” são algumas questões que pairam antes de encarar o recrutador de frente. Mas até chegar a esta etapa, você precisa dar atenção a uma ferramenta ainda mais valiosa: o currículo. Ele será seu cartão de visitas, a porta de entrada na empresa, e servirá como base para que seu possível empregador saiba um pouco sobre você. Por isso, é importante ficar atento às informações que insere nele.

Grande parte dos recrutadores reclama da falta de objetividade dos candidatos. “O currículo precisa estar alinhado com o que o candidato procura. Ele precisa selecionar palavras-chave de uma maneira clara e objetiva com um máximo de 2 páginas”, afirma Francis Nakada, consultor de carreira sênior da Produtive. Ele ainda frisa que se a pessoa tiver muitos anos de carreira, é interessante evidenciar apenas os cargos mais recentes.

Por outro lado, a falta de experiência não é desculpa para um currículo “sem graça”. Inserir cursos extracurriculares, conhecimentos em idiomas, empregos temporários e trabalhos voluntários valorizam seu perfil. Além disso, é importante deixar claro sua formação e cursos relacionados à área que pretende atuar.

“Neste caso, o diferencial é concentrar o currículo em seus valores e objetivos de acordo com a área, não em suas experiências”, discorre Francis. “É muito importante estar atento aos pré-requisitos da vaga e se seu perfil se encaixa nela. Destacar pontos como conquistas e preferências de lazer são valorizados pelo empregador para saber como o profissional se relaciona dentro e fora do ambiente de trabalho”, conclui.

Confira alguns passos para deixar o seu currículo atrativo:

  • Dados pessoais: precisa constar informações completas, como nome, data de nascimento, estado civil, endereço, cidade, telefone e e-mail. Não é necessário incluir número de documentos como RG e CPF.

  • Formação acadêmica: neste campo você deve citar seu grau de escolaridade, o nome da instituição, curso e previsão ou ano do término.

  • Experiência profissional: aqui vale colocar qualquer “bagagem”. Pode ser um trabalho temporário ou um “bico”, pois o que conta é ter experiência.

  • Resumo de qualificações: a intenção desta etapa é atrair a atenção de quem o lê. Qualquer habilidade que ao seu ver se encaixe com o perfil da vaga deve ser mencionado.

  • Objetivo: escolha somente um. Se, por exemplo, sua intenção é lidar com crianças, mas a vaga é sobre robótica, mude sua descrição no objetivo ou repense se vale a pena se candidatar.

Por: Gabriella Baliego