X

Para acessar sua conta, use o App Bradesco Universitário

Os desafios para manter o emprego

O cenário instável do país impactou 90% dos jovens recém-chegados ao mercado de trabalho, segundo pesquisa realizada pelo Nube – Núcleo Brasileiro de Estágios. Apesar da insegurança, especialistas dão dicas para manter-se empregado ou retomar a carreira.

Para Yolanda Brandão, coordenadora de treinamentos do Nube, “não pode haver desmotivação, independentemente se estiver em busca de uma colocação ou já estagiando”, aponta. Na opinião da especialista, é importante “investir na formação profissional, pois configura um diferencial, além de aproveitar as relações para aumentar e fortalecer as redes de relacionamento”.

Já na opinião de Antonieta Rossi, psicóloga organizacional e consultora de carreiras, em momentos de retração como o que estamos vivendo é fundamental que o profissional desenvolva soluções diferenciadas. “Com o mercado em mutação, é preciso inovar. Aquela necessidade de investir em pós-graduações e MBAs ficou um pouco no passado, já não é mais um fator de diferenciação tão importante pois muita gente possui esse tipo de qualificação”, afirma.

A consultora acredita que em um contexto onde as ferramentas da web ganham cada vez mais força, uma apresentação pessoal inovadora pode causar impacto positivo e dar destaque ao candidato. “Os recursos para elaborar um modelo de negócios voltado para o desenvolvimento da carreira também são bem maiores”, acredita.

Já para se manter no emprego, Antonieta aconselha mostrar versatilidade, pois em momentos de crise, um profissional multifuncional pode ser mais valioso que um especialista. “Como as empresas têm demitido muito, quem fica, acaba acumulando atividades. É importante que o profissional seja capaz de cumprir funções variadas e se mostre disposto, trabalhando com energia e disposição, além de manter o espírito empreendedor, apoiando o negócio em que está inserido”, finaliza.

Por: Margarete Ricciotti